22 março 2013

Tão longe


“Tão perto, longe estou.
Tão longe, chego perto.
Pensando eu voo,
Voando eu chego,
Chegando eu encontro e
Junto o longe do perto.
E mato a saudade calada, guardada,
Que geme tão dentro e tão forte.
Angustiante a espera, agora consolada com a presença.”

(Anônimo)
Reações:
Categories: , ,

3 comentários:

  1. Lindíssimo poema!
    Beijos, Cyn.
    http://ograndetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita e voltem sempre que tiverem vontade.
    Abraços e até mais :)

    ResponderExcluir