09 novembro 2011

Sossega


Enquanto lágrimas se formavam no teu rosto, te pedi para que respirasse fundo. Como resposta tu me destes um suspiro. Quando o coração doe e a dor te tritura por dentro, os olhos pedem para jorrar lágrimas no intuito de que passe aquela agonia no peito. Não passa, mas alivia. Respira fundo pequeno, mantenha a calma e lembre-se de que não há nada que o tempo não cure. Tais palavras me acalmam, tais pessoas me causam raiva, já outras, me causam um bem danado. Sempre que estou triste respiro fundo, olho-me no espelho e digo pra mim mesma “Força e fé pequena, força e fé”, digo isso, pois sei que não será nem a última nem a primeira dor que terei na vida e também sei que nenhuma delas é eterna. Por isso repito aqui uma bela frase do Caio Fernando de Abreu “Não se deixe abalar por nada, nem ninguém”.
Reações:
Categories: ,

4 comentários:

  1. Que texto bonito, minha linda!
    Sucesso em seu blog.. enorme beijo e espero sua visita.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pequena, adorei o seu blog. Um grande abraço, fique com Deus e continue a escrever, pois coisa melhor não há.

    ResponderExcluir