07 setembro 2011

Pra variar

Eu só queria um pouco de silêncio, um minuto de paz e sossego, porém é difícil haver esse tipo de coisa em um lugar onde a ignorância e falta de educação predomina. Resumindo: minha rua é um inferno. Mas não vim aqui falar sobre isso, decidi postar algo diferente, decidi falar sobre mim. É um erro, mas vou tentar. Sou calada, quieta e talvez fria, tenho poucos amigos maioria deles são colegas, as pessoas têm uma mania ridícula de pensar que me conhecem, sendo que não sabem nada sobre mim. Eu mostro esse rosto duro e frio, mas sou tão frágil e delicada por dentro, eu sofro, eu choro, eu também quero um amor, eu também preciso de carinho e necessito dele vez por outra, porém para os outros eu sou feliz assim do jeitinho que eu sou. Pra falar a verdade eu sou sabe, mas sei lá, eu tenho uma sede enorme e preciso saciá-la o mais rápido possível. Por isso escrevo pra tentar saciar essa sede e tentar preencher esse vazio, aqui é o meu mundo, meu recanto onde eu deposito os meus mirabolantes pensamentos, meu tudo. Decidi falar sobre isso agora porque como o próprio nome do meu blog já diz, Esvaziando-me. Precisei esvaziar-me hoje e está ai, todo o meu conceito, todo o meu eu, todo seu.
Reações:
Categories:

0 esvaziaram-se:

Postar um comentário