23 setembro 2011

Relicário



Dói saber que acabou, dói saber que me arrependi tarde demais, dói saber que os meus “amigos” hoje são pessoas totalmente desconhecidas na minha vida, nossa dói muito.Você erra e só depois de muito tempo você percebe que errou, porém já é tarde demais. Meus amigos era algo tão importante para mim e hoje se tornaram seres desconhecidos no meu dia-a-dia. Seu comportamento mudou completamente e a forma como me tratam é desprezível, fico triste com isso, minha vida é uma rotina irritante, vivo sem nenhum tipo de novidade, dificilmente algo me alegra, gosto de ficar sozinha e penso bastante sobre mim e sobre o mundo. “O fim” para mim é algo que existia e acabou, traduzindo, eu tinha amigos, eu tinha amor, eu tinha alegria e hoje não tenho mais isso, não sei o que aconteceu, mas me sinto um pouco culpada, mesmo sabendo que não tenho culpa de nada, mas eu espero que um dia a sorte volte pra mim, e eu sei que ela vai voltar. Pois afinal tudo passa, seja coisas boas ou ruins, o bom é que elas passam. Deixarei o ar da primavera, a beleza e perfume das flores adentrar sobre as portas da minha vida pra que assim tudo seja mais leve, doce e tênue.

É um texto antigo, fatos passados, mas o que me impressiona nele é a organização e a sintonia que aparece entre o que precisa ser dito e as palavras que são utilizadas para dizer isso.
Reações:
Categories: ,

0 esvaziaram-se:

Postar um comentário