03 setembro 2011

Agosto de desgosto



Agosto já se foi, levando consigo as magoas, as dores, tudo o que já não me fazia bem. Um lindo dia se faz lá fora, trazendo um novo mês, setembro. Me sinto renovada, mas não curada por inteira. Feridas ainda precisam ser cicatrizadas, palavras que foram ditas ainda soam em minha mente como um gravador velho e quebrado no meu pensamento. Tenho a esperança de que setembro será doce, leve, tênue e que com toda certeza irá compensar um agosto fodido e melancólico.
Reações:
Categories: , ,

0 esvaziaram-se:

Postar um comentário